Hurghada e seus mil tons de azul

15.11.2018

Sejam bem vindos a Hurghada, o paraíso de mil tons de azul no Mar Vermelho (sim, eu sei que isso não faz sentido algum)  que é perfeito para os amantes de mergulho e snorkeling e foi mais um daqueles lugares que me fez pensar: “eu to mesmo no Egito?!”.

Por acaso vocês imaginavam que no Egito tinham paisagens assim?

Pois é minha gente… Viajar pelo Egito vai muito mais além (mas MUITO mesmo) das famosas e icônicas pirâmides. E é exatamente aí que eu entro! Rs Trazendo dicas e detalhes dessa viagem mais que especial que fiz pelo Egito, que além de ser um destino impressionante na questão histórica, também é riquíssimo em belezas naturais e suuuuper barato para viajar!

A cidade de Hurghada teve sua fundação no século XX e foi transformada de uma pequena vila de pescadores para uma praia de projeção internacional justamente pela prática de esportes aquáticos. Infelizmente não conheci muito da cidade, mas o que vi gostei bastante.

Uma cidade bem “vibes” praia, com diversos hotéis e resorts, mas com uma pegada egípcia, é claro. Dizem inclusive que aqui se encontram alguns dos hotéis mais atrativos do Egito. Chique né?! Ahh, e as temperaturas em Hurghada (clima e água) são moderadas durante o ano inteiro, o que faz com que atividades ao ar livre e aquáticas sejam o carro forte da cidade. 🙂

POR QUE HURGHADA?

Bem, se você está pesquisando sobre o Egito já deve ter ouvido falar de outras cidades como Marsa Alam, Sharm El-Sheikh, Dahab e Nuweiba, que também são mega turísticas e banhadas pelo Mar Vermelho, certo? – Tem matéria sobre todas as cidades aqui no blog para te ajudar na decisão. Rs –

Infelizmente eu não tenho como dizer qual é a minha favorita pois são todas muito diferentes embora algumas pessoas insistam em dizer que são iguais. E também porque me apaixonei por cada uma delas. Rs O que eu posso fazer é? Apontar as diferenças entre elas e deixar para vocês decidirem. Então abram aí as matérias e sejam felizes. Hahaha

O que Hurghada tem?

Acho que Hurghada é uma ótima opção para aqueles viajantes que estão sem tempo de rodar muito pelo Egito e que não abrem mão (e nem devem abrir) de conhecer o Mar Vermelho.

Hurghada (e Marsa Alam) ficam na parte continental do Egito, a poucas horas de carro de Luxor. Não é preciso pegar vôo (a menos que queira economizar no tempo) e os hotéis por aqui possuem ótimos preços (assim como em grande parte do Egito). É possível encontrar diárias a partir de 30 dolares o casal, com café da manhã incluído.

O que fazer em Hurghada

A atração principal aqui em Hurghada fica por conta do Mar vermelho, ou seja, é só sombra (ou sol) e água fresca. Um milhão de atividades envolvendo o mar, a praia e todas as espécies marinhas estão ao seu dispor.Nós alugamos um barco, que nos levou a diversas ilhas e pontos excelentes para fazer snorkeling.

O Mar vermelho é uma das coisas mais lindas que já tive a oportunidade de ver. São diversos tons de azul que deixam qualquer ser humano hipnotizado. Isso sem falar na diversidade da vida marinha né?!

Saca esse maaaaaaar!

Como falei no post de Marsa Alam (e devo repetir por diversas vezes ainda), é um aquário gigante, riquíssimo em espécies só esperando você colocar seu óculos de mergulho e se divertir.

Reparem como a maré já estava mais baixa quando fomos embora.

Ficamos o dia todo nesse barco, aproveitando cada lugarzinho desse marzão! Fomos até a ilha dos golfinhos mas os danados tinham ido dar uma volta e nos deixaram na mão. Rs

Também existem outros passeios como de submarino, mergulho profissional e barco com o chão de vidro, que permite ver todo o fundo do mar sem nem sequer se molhar. Rs

Ahhhh Doug mas eu não tô em galera para poder alugar um parco só pra nós. Não tem problema, pergunte na recepção do seu hotel porque existem barcos onde você paga um “ticket avulso” e faz o mesmo passeio que fizemos. 😉 – Nós pagamos por pessoa 600 EGP, que dá algo em torno de R$120,00 (valor de 2018).

Egito, meu amor <3

Ah, e a noite fomos em uma balada chamada “The Embassy Beach Club”. Foi uma noite épica! HAHAHA

 

Pagamos 100 EGP na entrada que dava direito a um drink. Tocou todo tipo de música (até brasileira!!!) e nos divertimos bastante. O clube fica de frente pra praia, com algumas mesas quase na areia… É charmosinho. Claro que nem se compara com as festas brasileiras (isso nenhum lugar no mundo tem igual), maaaaas, foi massa!!!

Bom, espero que vocês aproveitem as dicas, e se tiverem oportunidade, conheçam o Mar Vermelho, independente da cidade que seja.

Ah, e antes de terminar… Não esqueçam que essa viagem tá toda no Youtube e que esse destino também fez parte do projeto da AIESEC, que se vocês quiserem saber mais informações sobre, basta clicar aqui.

Um beijo,

Doug Pelo Mundo

Tags relacionadas:

beach, blog de viagens, destinos, Doug Pelo Mundo, praia, valores, viagens, youtube, Dica do Doug, Egito, Egypt, AIESEC Egypt, AIESEC Brasil, AIESEC, Doug Pelo Mundo no Egito, Backpacking Egypt, Hurghada, Marsa Alam, Dahab, Nuweiba, o que fazer no Egito, Brasileiros no Egito, Egito Antigo, ancient Egypt, história do Egito, O que visitar no Egito, Quanto tempo passar no Egito, Templos Egípcios, Egípcios, Temple, Egyptian Temples, Amon há, Deuses egípcios, Hieróglifos, Feluca, construções faraônicas, História do Egito Antigo, curiosidades sobre o Egito, O Egito como você nunca viu, prices, economizando no Egito, Dicas do Egito, Destino Egito, mochilão pelo Egito, Praia no Egito, Mar vermelho, Red Sea, Praias do Egito, Egito tem praia, beaches, Atividades aquáticas, Costa do Egito, Egypt Coast, Sharm El-Sheikh, o que fazer em Hurghada, Hurghada Egito, O que tem em Hurghada, Porque Hurghada