Trilha da Sepultura – Bombinhas, Santa Catarina

06.07.2020

Vocês já sabem que eu amo trilhas e meu estado Santo e Belo, né?! Rs E por isso vou compartilhar hoje com vocês um pouquinho dessas duas paixões com vocês.

Bombinhas é um município bem privilegiado em Santa Catarina no quesito praias bonitas. Entre as 39 praias de Bombinhas, sem dúvida alguma, a Praia da Sepultura é uma das mais belas e requisitadas – já que a praia possui apenas 95 metros de extensão, de faixa de areia curta. Isso porque o local possui águas tranquilas e cristalinas, tornando-se um destino de famílias, casais e amigos. Entre os atrativos posso destacar a possibilidade de alugar equipamentos de snorkeling, mergulho, caiaque, stand up, além de cadeiras e guarda-sóis na faixa de areia.

Para chegar até a Praia da Sepultura precisamos seguir até o final da avenida principal de Bombinhas e dobrar na rua indicativa a esquerda, antes de descer o morro que leva até a Praia do Retiro dos Padres. Vale lembrar que para tentar diminuir ao máximo o impacto causado por carros, somente veículos autorizados podem chegar próximo da praia. Os visitantes podem estacionar em um dos estacionamentos – pagos ou não – disponíveis e seguis até o fim do trajeto a pé.

A trilha da Sepultura e o caminho até a piscina natural

Você seguirá por 5 min a partir do estacionamento, por uma trilha ampla devido ao acesso as casas. Aliás, foi na Praia da Sepultura em 1966, que construíram a primeira casa de veraneio dos municípios, por Leopoldo Zarlin, um empresário que fez loteamentos em alguuuuumas praias do litoral catarinense.

Chegando na Praia da Sepultura, procure pelo início da trilha (um portão de madeira), no lado direito da praia e siga em frente. O percurso é fácil e relativamente curto, apesar de um pouco íngreme no inicio.

Em cerca de 200 metros após a Praia da Sepultura, encontraremos uma descida com uma abertura na mata, dando visão a Praia do Biguá.

Aqui é o ponto chave para encontrar o caminho para a piscina natural. Eu acabei não encontrando o lugar, mas vou detalhar aqui como me passaram, vaaaai que vocês acham né!? 😛

Me falaram que era para seguir por um caminho menos marcado a esquerda, por mais ou menos 400 metros até encontrar setas vermelhas indicando um caminho onde teria uma corda. Descendo, é para encontrar a piscina natural formada entre as pedras. (Deixem nos comentários se encontraram, porque o Doug aqui não achou :P)

Se não achar, vai encontrar um pasto com algumas amigáveis vaquinhas. Aqui já é o final da trilha, onde temos vista para a praia de Bombinhas na Ponta das Garoupas.

Essa é só mais uma das trilhas disponíveis em Santa Catarina e nesse blog :P. Se quiser ler sobre a Trilha da Caranha em Imbituba/SC clique aqui, sobre algumas no RJ como Cachoeira dos Primatas, Pedra da Gávea, Pedra do Telégrafo, Pedra Bonita ou Morro Dois Irmãos, ou até mesmo na Bahia, na Reserva do Sapiranga, clique aqui. E se quiser dica de praias a conhecer em Santa Catarina, leia esse post.

O que usar e levar

  • Roupas e calçados confortáveis para a prática de trilha
  • Água
  • Protetor solar
  • Documento com foto
  • Câmera fotográfica
  • Saquinho para manter seu lixo com você até o fim da trilha e descartá-lo no lugar certo

No mais é só diversão, alegria e curtição. Aproveite com consciência.

Um beijo,

Doug Pelo Mundo

Tags relacionadas:

Balneário Camboriú, Brazil, caiaque, Canal no Youtube, destinos, dicas, Doug Pelo Mundo, Ecoturismo, mergulho, praia, Santa Catarina, Santa e bela catarina, stand up paddle, trilhando, Turismo, viagem, Videos, youtube, Dicas de viagem, viajar, Trilha, Snorkeling, Dicas de trilhas, Trilheiros, South Brazil, Praia da Sepultura, Bombinhas, Bombas, Litoral, Litoral catarinense, Litoral de Santa Catarina, SC, Itapema, Interpraias, Litoral sul, Sul brasileiro, Sul do Brasil, Piscina Natural, Trilhas em Santa Catarina